O Plano Diretor do Desenvolvimento Sustentável do Município de Queimados, sancionado em 21/12/2006, começa a ser revisado a partir da próxima segunda-feira, 11/12, por uma Câmara Técnica coordenada pelo Assessor Técnico e ex-titular da Secretaria Municipal de Urbanismo, André Bianche.

Ao mesmo tempo em que vão atualizar o diagnóstico do município que serviu de base à implantação do atual Plano Diretor, os técnicos da Prefeitura de diversas áreas, convocados por Bianche para a tarefa, começam também a discutir os fundamentos do futuro Plano Municipal de Mobilidade Urbana.

O Plano Diretor é uma espécie de ‘Constituição da Cidade’, nele estão contidos os princípios, normas, diretrizes e parâmetros para todas as políticas públicas do município, desde as regras básicas para ocupação do solo ou o zoneamento da cidade até o Plano Municipal de Saúde ou um Plano de Mobilidade Urbana.

Para se ter uma ideia de sua importância, basta dizer que se não tivesse um Plano Diretor, Queimados não poderia ter recebido o Programa ‘Minha Casa, Minha Vida’, nem construído um prédio com mais de 10 andares como o Hotel Premier Flat.

A lei exige que o Plano Diretor seja revisado a cada dez anos. Porém, mais do que uma exigência legal, trata-se de um ajuste necessário e indispensável ao planejamento estratégico para a cidade.

Já o Plano de Mobilidade Urbana, que trata dos serviços de transporte público coletivos, da circulação viária e da acessibilidade, dentre outros itens essenciais à vida na cidade, é também uma exigência legal para todos os municípios e deverá ser implantado até o ano de 2019, impreterivelmente.

Segundo André Bianche, após a atualização do Diagnóstico do Município que subsidiará a revisão do Plano Diretor e da definição de diretrizes para o futuro Plano Municipal de Mobilidade Urbana, haverá uma audiência pública, aberta a todos os interessados, para apresentação dos dados produzidos e coleta de sugestões para ambos os Planos.

André acredita que essa audiência pública deverá acontecer já no mês de janeiro de 2018, e deseja que esse processo de interação com a comunidade, vital para que tenhamos planos efetivamente voltados para as reais demandas da população, seja permanente.

“Estou aqui na Secretaria Municipal de Urbanismo, inteiramente à disposição de quem queira dialogar sobre os planos. Além disso, estamos criando um site na internet para uma  interação maior com a comunidade. Através desse site manteremos a população informada sobre a atualização do diagnóstico do município e das diretrizes para o Plano de Mobilidade Urbana e, estaremos colhendo sugestões dos cidadãos queimadenses, que são os que melhor conhecem a realidade do município”, afirmou André Bianche.

Na próxima semana será divulgado o endereço eletrônico do site e as pessoas já poderão fazer essa interação.

Um dos grandes desafios a serem enfrentados na elaboração do Plano Municipal de Mobilidade Urbana é a questão da acessibilidade, que apresenta situações de extrema gravidade em todo o entorno da estação ferroviária, num raio de 800 metros, com calçadas estreitas ou desniveladas e outras ocupadas por postes, suportes para lixo e todo o tipo de obstáculos, inclusive carros sobre elas estacionados.

Veja esse exemplo de uma das principais vias do centro de Queimados, a Rua Santa Rita, com circulação de veículos nos dois sentidos e calçadas irregulares ou totalmente ocupadas.  Esse é o retrato de inúmeras ruas do centro da cidade.

Dê uma olhada na situação da Rua Santa Rita, pense que soluções seriam possíveis e depois ligue pro André Bianche pra dar suas sugestões (2665-7601 ou 2665-7919).

Rua Santa Rita no sentido São Roque.

Rua perpendicular à Santa Rita, depois da ponte (rua da Borracharia)

Rua Santa Rita no sentido Cemitério (muro amarelo, ao fundo)

 

========================================================
Este artigo faz parte de um Projeto Editorial aprovado na ‘I Chamada Pública do Fundo da Casa Fluminense para Mobilidade Urbana’ e contou com a colaboração e fotos do cicloativista Carlos Greenbike. ========================================================

 




COMENTÁRIOS