O Bairro Vila Tinguá, em Nova Iguaçu, recebeu no sábado, 06/01, um Posto Volante de Vacinação para acelerar o processo de imunização dos moradores e dos turistas que visitam as cachoeiras e a reserva biológica local,  depois de constatado que um macaco morto na região estava contaminado com a doença.

O fato ganhou repercussão nacional e o Secretário de Estado de Saúde, Luiz Antonio de Souza Teixeira Júnior, o Dr. Luizinho, foi ao local, acompanhado de alguns vereadores de Nova Iguaçu e da Vereadora de Queimados Dra. Fátima Sanches.

Convidada pelo Secretário para acompanhar o trabalho de prevenção à Febre Amarela em Tinguá, a Vereadora queimadense Dra. Fátima Sanches mostrou-se preocupada com a possibilidade de expansão da doença através da Reserva de Tinguá, que se estende até Jaceruba, em Japeri, passando por Rio D’ouro, bairro de fortes ligações sociais com Queimados.

“Temos que estar atentos a essa possibilidade, mas por enquanto não há risco para quem vive em Queimados, somente para aqueles que costumam frequentar as áreas da Reserva Biológica de Tinguá; esses devem procurar um Posto de Vacinação imediatamente.”, recomendou a Vereadora.

O Secretário Estadual de Saúde, Dr. Luizinho, procurou tranquilizar os moradores e turistas  afirmando que até agora a doença não foi detectada em nenhum humano na região e garantiu à população iguaçuana e dos municípios vizinhos que todas as providências estão sendo tomadas para conter a possibilidade de contaminação, inclusive a distribuição de repelente para proteger os humanos das picadas dos mosquitos transmissores da doença.


COMENTÁRIOS