Uma foto do corpo do jovem Washington Vieira Júnior, 22 anos, sequestrado por quatro homens encapuzados, na sexta-feira, 11/05, no local de trabalho, o CRAS do Bairro Valdariosa, começou a circular nas redes sociais nesta segunda-feira, 14/05; mas, apesar de fotografado, o corpo ainda não foi localizado.

Familiares de Júnior voltaram nesta segunda, após divulgação da foto, a várias unidades do IML, mas em nenhuma delas ainda está o corpo do rapaz.

Desde o seu sequestro, parentes, amigos e vizinhos vêm fazendo manifestações, exigindo das autoridades o esclarecimento do caso. Agora, vivem a estranha situação de terem certeza de que ele está morto mas não conseguirem localizar o corpo para que possam sepultá-lo com a dignidade que merece.

Parentes e amigos de Júnior, com camisetas estampadas com sua foto, protestam contra seu sequestro, no domingo, 13/05, Dia das Mães.

Todos estão revoltados com a covardia que tirou a vida de Júnior, por se tratar de um rapaz trabalhador, sem antecedentes criminais, sem qualquer envolvimento com o tráfico e querido por todos.

Júnior era atleta do Dom Bosco F. C.

Protesto de parentes e amigos , no domingo, 13/05, Dia das Mães.

Os manifestantes  fizeram uma caminhada, no domingo, 13/05, Dia das Mães, do bairro Valdariosa até a porta da 55ª DP, onde protestaram contra a falta de informações sobre o paradeiro de Júnior, sequestrado desde a sexta-feira.

Foto das redes sociais descaracterizada. A imagem que circulou nesta segunda-feira, 12/05, nas redes sociais é nítida e não deixa dúvida que se trata do corpo de Washington Júnior.

COMENTÁRIOS