Muitas vezes por questões econômicas “rachamos” o custo de construção dos muros de divisa com os vizinhos. É muito comum problemas entre vizinhos devido aos muros laterais e nos fundos.

Para esclarecer, cada proprietário deve construir seu muro, ou seja, um muro colado no outro. Cada um usa o seu. Contudo, não se pode edificar sobre este muro, pois as construções devem obedecer a um afastamento mínimo de 1,50m em relação às laterais e os fundos para evitar infiltrações e garantir a prefeita ventilação e iluminação dos cômodos. Nesse sentido, muitas vezes os litígios entre vizinhos são provocados por erros de ambas às partes.

Nos casos em que a construção esteja colada nas laterais de lote é fundamental que, para frente e para os fundos, haja ventilação suficiente para garantir o bem estar de seus ocupantes.

Geralmente se calcula o tamanho das janelas, tanto para frente quanto para trás da seguinte maneira: quartos e salas um sexto da área do piso de cada compartimento; banheiros e cozinha um oitavo da área do piso de cada compartimento.

De qualquer forma é fundamental que se verifique junto à prefeitura os parâmetros construtivos para cada bairro ou cada região do município.
Importante salientar que em ambos os casos, seja com afastamentos ou colado nas divisas laterais, é importante construir os muros de divisa e, “colados” nele, as paredes da edificação, para evitar infiltrações e outros agravos.

Engº Leandro Nunes Siqueira é membro do Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias de Engenharia – IBAPE-RJ, Membro da Sociedade Brasileira de Engenharia de Segurança – SOBESRIO, Especialista em Engenharia do Meio Ambiente – UFRJ, Engenharia Diagnóstica em Edificações – PUC e Perito Judicial e Avaliador – PUC

COMENTÁRIOS