Numa das mais movimentadas convenções ocorridas neste domingo, 05/08, que lotou a quadra da Escola de Samba São Clemente, na zona portuária do Rio, o PRP – Partido Republicano Progressista – RJ – oficializou a candidatura do ex-governador Anthony Garotinho para governador do estado.

Na semana passada Garotinho foi condenado por improbidade administrativa por decisão do Desembargador Ricardo Cardoso, da 15ª Câmara do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ), com perda dos direitos políticos por 8 (oito) anos, mas ele diz estar tranquilo quanto à sua candidatura por que a condenação não tem efeito imediato, uma vez que a sentença não foi transitada em julgado.

Garotinho anunciou que vai pedir a anulação da sentença por ter sido julgado sem direito à defesa: “Ninguém pode ser julgado sem a presença do advogado”, disse o candidato. E disse mais: “Não existe nenhum risco da minha candidatura ser suspensa. Chance zero. A condenação não fala em enriquecimento ilícito. Isso está sendo explorado para criar dúvidas na cabeça das pessoas”.

A candidatura de Garotinho terá o apoio político de outros cinco partidos: PRB, PROS, Patriota, PTC e PMB.

Na convenção, o PRP aprovou apoio à candidatura de Eduardo Lopes, do PRB, para o Senado, aliança que sinaliza o apoio do Prefeito do Rio Marcelo Crivella à candidatura de Garotinho.

O nome do candidato a vice-governador ainda não foi oficializado. Garotinho anunciou no início do ano o nome de Brizola Neto como seu vice, mas o PPL, partido atual de Brizola, não gostou da entrada do PRB de Crivella na aliança e recuou, por enquanto, no apoio a Garotinho.

Em Queimados, a aliança que apóia Garotinho conta com um candidato a Deputado Federal, Rogério do Salão, do PROS, e  quatro candidatos a deputado estadual, três do PROS – Paulinho Tudo a Ver, Wilson de Três Fontes, Maestro Daniel – e um do PMB, Lúcio Mauro.

Segundo o coordenador de campanha de Garotinho no município de Queimados, Dr. Cassius Valério, Garotinho terá também o apoio da candidata a Deputada Federal pelo PSDB Lica do São Roque.

COMENTÁRIOS