O ano de 2018 ficará marcado na história de Juan Pereira, professor de educação física e técnico das categorias de base do Parque Ipanema F. C. de Queimados, e de seus parceiros de jornada, o vice- Presidente Paulo José Ferreira da Silva, o Dedé, e o Presidente Manoel Brazão, como um ano de grandes conquistas.

O Sub-15 do Parque Ipanema conquistou dois campeonatos da categoria, o da Liga Queimadense e o da Liga Iguaçuana.

Os números do campeonato de Queimados são impressionantes: o Parque Ipanema teve o ataque mais positivo, a defesa menos vazada e foi o time mais disciplinado da competição. Em 13 jogos fez 42 gols e levou somente 06, recebeu apenas 9 (nove) cartões amarelos e nenhum vermelho.

No campeonato da Liga Iguaçuana, desbancou times tradicionais como o Nova Iguaçu e o Bayer, entre outros.

Este ano também atletas formados no Parque Ipanema ascenderam para grandes clubes e para o futebol profissional.

Matheus, hoje com 20 anos, atleta formado no Parque Ipanema F.C., onde jogou até 2014, assinou no mês de setembro passado contrato profissional com o Matonense, time da série A-3 do Campeonato Paulista, onde já jogava no Sub-20.

 Também este ano, o menino Davi, de 12 anos, que desde os 10 jogava no Parque Ipanema F.C. foi contratado pelo Sporting de Portugal onde disputa o campeonato Sub 13 naquele país. No mês de setembro, jogando o clássico contra o Benfica, Davi marcou dois gols.

Outro jogador internacional formado nas categorias de base do Parque Ipanema é Alex Bruno, o Popô, atacante do Suwon City da Coréia do Sul.

Também neste ano de 2018, o Sub-17 do Parque Ipanema, treinada por Juan, fez uma parceria com o Academia de Futebol Pérola Negra, cujo time principal é formado por refugiados do Haiti e de outros países, e que disputa a série B-2 do Campeonato Carioca.

Esse é o coroamento de um trabalho realizado há 6 anos no Parque Ipanema F.C., pelo professor de Educação Física Juan Pereira, parte deste tempo em parceria com Paulo José, o Dedé, sem ajuda do Poder Público ou de qualquer instituição, movidos pelo amor à causa.

COMENTÁRIOS